LFBR

Kouya Aotsuki

em 16/1/2020, 17:40




https://i.imgur.com/ZLrsCcg.png
https://i.imgur.com/qSyNly6.png
Kouya Aotsuki

C
Support
Masculino
17 Anos
1,85 m
80 Kg
O-
Seul

1
1
146
251
1

Sokcho
1.000
Nenhuma
Freelancer
0
0
0 G$
Desconhecido
0
0
Spellbreaker
1
Na casa os pais em Sokcho.
500 G$
Sem plano se saúde



STATUS

UNDEFINED

BIOGRAFIA

CLASSE

INVENTÁRIO


UNDEFINED

<< UNDEFINED >>
















NOME:

Undefined

RANK:

X

TÍTULO:

"Undefined"

CLASSE:

Undefined

GÊNERO:
 
Undefined

IDADE:

XX anos

ALTURA:

x,xx m

PESO:

xx Kg

TIPO SANGUÍNEO:

XX+

LOCALIZAÇÃO:

Undefined

G$:

000.000.000

ORIGEM:

Undefined







FORÇA:

0

INTELIGÊNCIA:

0

AGILIDADE:

0

SENTIDOS:

0

VITALIDADE:

0

HP:
0

MP:
0



Kouya é um jovem de 17 anos com uma estatura acima da média para sua idade, medindo aproximadamente 185 centímetros de altura. Suas características mais notáveis são as cores de seus olhos que tem uma colocação mais vivida que o normal, suas pupilas são de um tom de branco azulado que ao usar seus poderes podem emanar uma luz fraca lembrando um pouco luzes neon. Tanto quanto seus olhos, os seus cabelos sofreram alterações ao despertar, a cor de seus pelos por todo o corpo mudou do preto natural para um roxo escuro.

Seu conjunto de roupas consiste em um colete laranja com detalhes escuros nas mangas e pescoço em uma tonalidade mais escura, em seu rosto ele usa uma máscara de cor cinza escuro com detalhes em azul do lado, essa mascara cobre todo o pescoço, boca e nariz. Ele usa também duas munhequeiras pretas que cobrem seus pulsos.  

Na parte inferior ele usa calças compridas em uma cor mais escura como um cinza azulado. Tem dois cintos pretos acoplados um em cada lado a sua cintura, seu sapato é um sapato comum que tem as cores entre roxo escuro e claro em sua composição, seu solado é um cinza escuro.


Kouya é sério, reservado e bem focado, nunca demonstrando emoções por aqueles que ele nao conheçe ou que ele nao gosta, porem ele nao odeia ninguem. Procura não falar muito e sempre fica calado em situações de desentendimentos quando ele não tem envolvimento, ele costuma ignorar ofensas e perguntas que possam ser inúteis responder. Quanto está trabalhando ele costumar focar em seus aliados os dando suporte para eles em lutas e também ajudando a carregar os materiais para fora do portal com a equipe de recolhimento.  

Ele tem um certo apreço pelas maquinas e puzzles manuais e coisas relacionadas, gostando de construir e desmontar maquinas como hobby, em jogos ele costuma jogar xadrez ou outros jogos de tabuleiro e de mesa como cartas e com peças físicas, não costuma jogar muito online mas em seu celular pode ser encontrado vários jogos de estratégia e gerenciamento.

Seus gostos ainda são um certo mistério para os demais pois quase não conta sobre si mesmo para quem é proximo, porém os mais conhecidos são seus gostos por músicas eletrônicas e de k-pop de Seul, ele também gosta de comidas americanas como hamburgers e baratas fritas aos finais de semana.


Kouya Aotsuki é o meu nome, você de certeza não vai encontrar muita coisa sobre mim por ai a não ser que venho de uma família rica, talvez nem encontre isso direito, talvez encontre meu perfil em algum app que eu tive que criar para me enturmar com o pessoal da escola ou algo do tipo, mas no fim se encontrar nem adianta manda mensagens já que eu não uso mais nem uma rede social conhecida. Talvez você me encontre em algum fórum. Boa sorte nessa parte.

Porem já que você está aqui eu irei contar um pouco sobre a minha história, então aproveita e pega alguma coisa para comer e beber, talvez eu demore, talvez você não entenda muita coisa, talvez nem sequer aguente até o fim! Vamos começar?

O meu nome você já sabe, Kouya Aotsuki, eu tenho 17 anos e atualmente sou um estudante comum do ensino médio, também sou um caçador freelancer que não se ouve muito falar, alguns até acham que eu não sou um caçador real por não ter nada aparente de um como sentidos aguçados, agilidade de um ninja, ou a força de um touro, minha história como caçador é engraçada.

Tudo começou quando eu tinha 7 anos, quando o primeiro portal abriu no mundo, várias pessoas começaram a despertar poderes de diferentes formas e meu Pai foi uma dessas, certa noite quando ele estava treinando sua força na sala de exercícios ele despertou com o poder de um guerreiro poderoso, com um soco ele quase derrubou a casa mas felizmente nada e mal aconteceu a estrutura do lugar que logo foi reparada, ele foi considerado um despertado de Rank A, um dos ranks mais altos possíveis depois S e Nacional estabelecidos pela federação dos caçadores tempos depois dos portais começarem a aparecer com mais frequência. No começo meu Pai era chamado a todo o momento para ajudar a fechar os portais e como ele era do exército ele não tinha como recusar as vezes, felizmente ele voltava vivo para casa e me contava todas as histórias que acontecia lá, algumas vezes ele trazia fotos e me mostrava o que tinha lá dentro, aquilo me fascinava um pouco e eu sempre queria saber mais e mais sobre os portais e o que tinha dentro.

Certo dia quando eu tinha 9 anos meu Pai foi escalado junto com outros caçadores de alto escalão a entrarem em um portal de Rank S, obviamente outros Ranks S estavam no grupo, porem meu Pai foi um dos poucos que não voltou vivo, apenas trouxeram alguns de seus pertences como celular que até hoje ainda guardo em minhas coisas, porém não funciona e o máximo que eu pude fazer foi salvar os arquivos no PC, e sua mochila que estava rasgada no fundo, junto com seus equipamentos de caçador que minha Mãe decidiu entregar a guilda de meu Pai tinha se aliado, a guilda logo comprou o equipamento e deu o valor em dinheiro comum para minha Mãe, ela não conseguia suportar olhar para os equipamentos e lembrar de meu Pai, no fim ela sou o dinheiro para investir em meu futuro, todos os bens do meu Pai passaram para o nome dela e nos mudamos de casa ainda na cidade de Sokcho.

A mudança não foi simples porem tivemos que fazer acontecer, todas as coisas do meu Pai como roupas carros e casas foram vendidas e algumas estão alugadas, pertences pessoais como fotos e troféus de guerra foram entregues aos meus avôs que hoje já se foram deste mundo, vários outros itens do meu Pai estão guardados em um cofre em um cofre especial, mas isso não seria de necessidade para você saber o que tem lá dentro, afinal eu recebi uma carta dos meus avós para eu abrir apenas quando eu fizer 20 anos, talvez eu volte aqui e conte o que tinha no cofre e na carta.

Com a nova casa minha Mãe conseguiu se focar mais no trabalho, e felizmente ela conseguiu superar a ida do meu falecido Pai, hoje ela está trabalhando como diretora de uma grande faculdade de tecnologia de Seoul, e segundo o andar da carruagem eu terei que estudar lá assim que eu terminar o ensino médio, felizmente eu não vou precisar fazer nem uma prova de admissão ao menos, na real eu já poderia ter ido porem não quero apressar minha vida, como falei atualmente sou um caçador freelancer.

Eu fiquei meio antissocial nesse tempo, crescer sem um Pai ao seu lado não era fácil eu tive poucos amigos, eu até me tornei um cara com Sangue-Frio por não me sentir mal com a morte de pessoas ou animais que não estão ligados a mim, hoje me dia eu quase não falo com ninguém ou expresso minhas emoções com qualquer um além do meu namorado e de minha Mãe, ela por sua vez conseguiu encontrar um novo amor na vida ela sabia que meu Pai iria desejar isso caso ele morresse em guerra e eu compartilho a mesma ideia,

Com o passar dos anos quando eu fui me interessando mais e mais sobre os portais, eu pesquisava escondido da minha Mãe no começo sobre os portais e os caçadores, quando meu Pai morreu ela não queria ouvir mais a palavra caçador perto dela ou algo relacionado, com o tempo ela se acostumou já que mais e mais pessoas estavam se tornando caçadores.  

Eu pesquisava sempre mais e mais sobre os portais, eu acompanhava sites de notícias que sempre informava quando um portal novo abria e era fechado, esses sites eram bem elaborados e alguns até falava sobre os portais, depoimento de caçadores, fotos e gravações de dentro do portal.

Com o tempo eu comecei a tentar entender as inscrições de dentro dos portais tanto coisas como desenhos e letras, os lugares das Dungeons como terrenos era os mais comuns, muitas empresas coletavam as areias, terras e minerais de várias Dungeons para pesquisas cientificas, hoje em dia esses minerais são usados em muitas coisas então não preciso dizer muito sobre isso.

Alguns sites até faziam cursos de mineração caso alguém comum quisesse entrar em uma Dungeon para minerar, eu me interessei por isso mas apenas fiz o curso básico que não me levava para dentro de uma Dungeon, eu procurei aprender muitas coisas sobre os minerais e solo das Dungeons, nesse tempo.

Hoje em dia eu não tenho muito a divulgar já que tudo o que eu aprendi, já que está em sites como Wikipedia e sites de informações sobre os caçadores, então se está interessado vá estudar pois se você quer aprender algo, que seja algo que você vá usar na vida!

Mas agora você que chegou até aqui deve estar me perguntando como eu consegui me tornar um caçador, como eu despertei e coisas do tipo, certo? Sim eu estou certo disso! Eu irei lhe contar como foi, quando eu completei 15 anos eu recebi um presente de um caçador que era amigo do meu Pai, todos os anos ele me trazia algo diferente, porem naquele ano ele me trouxe algo novo uma pedra brilhante de cor roxa neon que ele encontrou em uma Dungeon, ele disse que quando meu Pai estava vivo na Dungeon de rank S que ele morreu ele queria me dar de presente esta pedra quando ele saísse de lá, porem o governo não deixou a pedra sair fácil assim e logo foi confiscada, com o passar dos anos várias outras pedras foram sendo escavadas ao ponto desta ser tão comum que foi devolvida ao nome de meu Pai.

Eu aceitei o presente de bom grato, minha Mãe não falou nada contra aquilo ela até ficou feliz por me ver feliz com algo que era próximo ao desejo do meu Pai naquele infeliz dia, dias se passaram e eu fiz daquela pedra uma bela decoração do meu quarto, colocando ela na mesa ao lado onde eu estudava, com o passar dos dias eu sentia algo diferente em mim como se minha consciência estivesse crescendo e eu estivesse ficando mais inteligente a cada dia, inocente eu era naquele dia e não percebi que eu estava despertando lentamente como um caçador.

Meu despertar foi diferente de outros caçadores, talvez tenha alguém com um despertar lento como o meu por ai, mas boa sorte procurando um, certa noite eu enquanto estudava e olhava as notícias dos novos portais eu senti uma grande dor de cabeça, era como se minha mente estivesse sendo estilhaçada e reconstruída rapidamente meu corpo também formigava todos os meus nervos estavam queimando, eu desmaiei ali na minha mesa durante toda a noite, quando eu acordei a pedra que eu usava como decoração tinha perdido sua cor e agora parecia uma pedra normal mesmo que bem lapidada, eu decidi deixar ela lá ao menos já que algumas dessas pedras perdiam o brilho com o passar dos anos, ao menos era isso que alguns sites específicos falavam.

Os próximos dois anos não foram nada demais, tirando o fato que de alguma forma eu tinha ficado muito inteligente, mais do que eu já era na escola, eu poderia ter pulado de classes muito rápido porém não fiz, eu queria descobrir o que tinha acontecido comigo, eu comecei a treinar e melhorar meu físico que incrivelmente aumentou bem rápido ao longo de 2 anos, então um dia eu estava conversando com os amigos do meu falecido Pai como de costume falando sobre as Dungeons até que certo dia um outro caçador desconhecido tentou atacar eles por trás, e em um ato de defesa quando o desconhecido avançou em mim para me usar como refém eu consegui projetar uma barreira de super resistente que emanava uma luz roxa, era uma barreira de mana que segurou o cara e logo o mesmo foi imobilizado pelos caçadores ali.

Nesse dia eu entendi o que aconteceu comigo, eu tinha despertado como um caçador de suporte, um Spellbreaker, porem diferente de todos os outros eu não tinha agilidade, força ou sentidos aguçados, eu ao menos tinha um porte físico que se podia comparar com um caçador de rank C ali, os caçadores me indicaram para eu fazer o teste de identificação dos caçadores para determinar qual o meu nível ali e o que eu poderia fazer, porem eu recusei a princípio pois eu precisaria pensar se eu realmente queria me tornar um caçador, então voltei para casa e conversei com minha Mãe.

Agora aqui estou eu, um caçador rank C que todo mundo duvida que eu seja, sou conhecido como o Fake Hunter entre os amigos caçadores, eu até gosto desse apelido, mas não o uso muito! Hoje vai ser minha primeira missão como caçador, talvez seja apenas uma missão de coletar recursos ou entrar em uma Dungeon com um grupo, te digo quando nos encontrarmos de novo, afinal eu sou um freelancer.

AFILIAÇÃO:
--
CARGO:
Freelancer
MISSÕES CONCLUÍDAS:
0
MISSÕES FRACASSADAS:
0
SALÁRIO:
0 G$

GRAU DE FAMA:
Desconhecido
PONTOS DE FAMA:
0
PORTAIS CONCLUÍDOS
0


PLAYERS


NPCS






CLASSE:
Undefined

SUB-CLASSE:
Undefined

NÍVEL DA SUB-CLASSE:
Grau 1


• Investigação.
• Monstrologia.
• Minerador.
• Runas.
• Sangue-Frio.





Zona Neutra
NOME: Zona Neutra

DESCRIÇÃO: Ao esgotar uma parte de seu poder, o Spellbreaker libera uma aura que anula a magia ao seu redor.

CONDIÇÃO: Ficar abaixo de 50% de Mana

BÔNUS: Durante 1 post, todos os Buff's/Debuffs utilizados pelos oponente é desfeito, além disso, nenhuma skill ou magia pode ser utilizada pela parte contrária. (Isto não cancelará invocações).




ITEM: Presente da Associação

DESCRIÇÃO: Uma Arma que a Associação presenteia a caçadores iniciantes. Eles permitem até mesmo que escolham sua favorita.(Item mundano, não dá bônus).


G$: 000.000.000




MORADIA
LOCALIDADE:

CUSTO: 0 G$




DESPESAS

FATURA HOSPITALAR:

































ADM.Mizzu
ADM.Mizzu
G$ 1,000
Localização : Inje

MENSAGENS

Æther

DINHEIRO
Rank D

Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Layout desenvolvido por Roevs, Remenuf e Mizzu
SOLO LEVELING RPG (2018 - 2020)